Ouça ao Vivo
(45) 3284-1212
Você está em: Página Inicial > Notícias > Detalhes da Notícia
Critérios de funcionamento da casa de acolhimento são debatidos em Marechal Rondon

Os critérios de funcionamento da Casa de Acolhimento de Mulheres Vítimas de Violência Edna Storari foram tratados em reunião ocorrida hoje (10), na prefeitura de Marechal Cândido Rondon.

Entre outros assuntos, também houve a definição no que tange à forma de abordagem às mulheres vítimas de violência.

O espaço tem característica de domicílio e já está em funcionamento.

Sua localização deve ser sigilosa, tendo em vista que acolhe mulheres que sofreram ou estão sendo ameaçadas de violência, e seus agressores não poderão saber o paradeiro dessas vítimas.

O objetivo é oferecer acolhimento provisório para mulheres adultas, que tenham sofrido violência doméstica, sofrimento físico, sexual, psicológico ou moral, entre outras, e que precisam se afastar de casa por sofrerem ameaças e correrem risco de morte.

Elas podem ser acolhidas juntamente com seus filhos.

As acolhidas só saem da casa quando não estão mais

em situação de risco e voltam a ter segurança novamente.

O abrigamento é considerado uma medida radical de proteção da vida da mulher, mas que muitas vezes é necessária.

O acesso é feito por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social.

Participaram da reunião, a secretária de Assistência Social, Josiane Rauber, a diretora de Proteção Especial, Vanessa Eckert, o promotor de Justiça, coutor Caio Di Rienzo, e os representantes do Núcleo Maria da Penha, pedagoga Edna Vaz Battistella e advogado Luan Seiji Furucho.

Rádio Educadora/Da Assessoria

Por | Postado em: 10/07/2024 - 11:55
Tags Populares
Tecnologia e desenvolvimento